A parada LGBT mais antiga do Brasil não deve ser realizada este ano, por falta de dinheiro. De acordo com o Jornal O Globo a Parada LGBT do Rio de Janeiro, que ganharia sua 21° edição em 2016 precisa de R$ 2 milhões para ir para a Avenida Atlântica,  em Copacabana, palco tradicional do evento.

a estimativa dos custos é do grupo Arco-Íris, que realiza a marcha. Até o momento, os organizadores não receberam os R$ 200 mil de repasse do Governo do Estado relativos à parada realizada em 2015, além de terem perdido a Petrobras, outro patrocinador do evento.

parada_lgbt_do_rio_mais_antiga_do_brasil_deve_ser_cancelada_2016

DEIXE SEU COMENTÁRIO