A recepção do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, realizado pela Academia Brasileira de Cinema, em outubro, será feita exclusivamente por travestis e transexuais, segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo. Trabalharão no evento, no Theatro Municipal do Rio, cerca de 20 alunas e ex-alunas do projeto Damas, da Coordenadoria da Diversidade Sexual da prefeitura.

cinema

DEIXE SEU COMENTÁRIO