A Parada do Orgulho Gay de Paris, que acontece neste sábado (2), tem um esquema de segurança reforçado. Tudo por conta do atentado em uma boate gay em Orlando, nos EUA, há três semanas, que deixou 49 mortos. O evento parisiense conta com o triplo de policiais habitualmente presentes na parada.

A manifestação deveria ter acontecido na semana passada, mas, devido a um pedido da Secretaria de Segurança, foi adiada em uma semana. O motivo foi a Eurocopa, pois a parada teria acontecido em um período do campeonato que pedia uma grande mobilização das forças de ordem.

O percurso também foi reduzido pela metade. A Associação dos Pais Gays e Lésbicas pediu para que as pessoas deixem as crianças em casa. “Aconselhamos a prudência”, disse a vice-presidente Marie-Claude Picardat.

Com informações da RFI

DEIXE SEU COMENTÁRIO