Um casal gay foi atacado quando saia de uma boate na cidade francesa de Montpellier. Clément Grobotek e Aaron Cfy foram cercados e agredidos por seis homens. Uma das vítimas, Aaron ficou inconsciente durante alguns minutos após o ataque. Os agressores fugiram do local e ainda não foram identificados.19011135_pnMvn

“Estamos em 2015 e os nossos avós já aceitam a homossexualidade. Não entendo como as pessoas podem ser tão limitadas ao ponto de não aceitar e agredir outras pessoas devido à orientação sexual”, declarou Clément ao site 20minutes.

No dia seguinte à agressão, Clément publicou a seguinte mensagem no Facebook:

“Esta noite, fomos insultados e espancados por uns homofóbicos quando saímos de uma boate. Como é óbvio, não preciso descrever o medo que senti quando vi a pessoa que amo inconsciente no chão, com a cabeça cheia de sangue. Sou incapaz de descrever o que senti e como me senti impotente. Nós dois defendemo-nos e eles começaram a nos bater com mais força! Seis pessoas contra duas, parece que não foi suficiente! Além de intolerantes também são covardes! Mas querem mesmo saber? Vocês vão ser sempre impotentes! Vocês podem nos agredir e voltar a nos agredir, mas nunca me farão deixar de amar o meu namorado”

A mensagem já foi compartilhada mais de 45 mil vezes e já obteve quase 200 mil likes.

Uma marcha foi organizada em solidariedade ao casal.

Confira o depoimento completo:

Cette nuit ,nous nous sommes fait insulter puis tabasser par des homophobes en sortie de boîte de nuit . Inutile de vous…

Publicado por Clément Grobotek em Quarta-feira, 11 de Novembro de 2015

Fonte: Dezanove

DEIXE SEU COMENTÁRIO