Um lugar feito para homens e frequentado apenas pelo público masculino, essa é essência das barbearias, que surgiram há muitos anos e, até hoje, ainda fazem sucesso no mundo todo.

As primeiras barbearias apareceram no século 18 e se resumiam em uma cadeira, bacia com água e sala de espera. Foi na década de 1940, que elas atingiram seu auge e passaram a ter um novo sentido, pois muitos homens de negócios e políticos fizeram daquele ambiente um local de trabalho e lazer, onde tomavam drinks, fumavam charutos e conversavam.

11229897_1634261473489332_8669188024719896821_n

11986935_1625369844378495_5242664027958194021_n

12032173_1627931690788977_2699046545730944191_n

12074600_1634045720177574_2878012743286504831_n

12227622_1644074942507985_3615483190330020439_n

Atualmente as barbearias voltaram com tudo e caíram nas graças de homens modernos e que gostam de se cuidar. A melhor parte desse retorno é o fato de que os serviços, agora, vão muito além de “barba, cabelo e bigode”.

A Barbearia Retrô, do famoso salão Retrô Hair, no centro da capital paulista, é uma das mais recomendadas no Brasil. Com um estilo vintage, inspirações novaiorquinas e uma equipe conceituadíssima, o local recebe cerca de centenas de clientes por dia.

Para agradar mais ainda esses consumidores, a Barbearia Retrô instalou um novo serviço que surpreende os visitantes. Após cortar o cabelo e fazer a barba com  os especialistas, o cliente passa para outra cadeira, onde pode receber um tratamento estético para o rosto.

Os tratamentos são realizados pela bioesteticista Michelle Meleck, que atua há 15 anos na área e é dona da Michele Meleck Estética, e variam desde massagens hidratantes e rejuvenescedoras até mesmo limpeza de pele 3D e peelings.

Com um clima leve e descontraído, os cuidados pessoais no local são embalados por músicas e por garrafas de cerveja, que são cortesia. E o aumento do público masculino em busca dos serviços mostram que pensamento de que um homem não pode se cuidar, ficou no passado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO