A canadense Coutney Demone, de 24 anos e transexual, lançou a campanha #DoIHaveBoobsNow. O principal objetivo é criticar a censura do Facebook aos mamilos femininos. Para isso, enquanto ela passa por um tratamento hormonal para aumentar seus seios, vai compartilhar fotos sua sem blusa para ver até quando a rede social permite que elas sejam compartilhadas.IMG_6772edit-thumb

Em março, o Facebook alterou seus ‘padrões da comunidade’ e estabeleceu que são proibidas imagens de seios femininos na rede se elas incluírem o mamilo. Também ficaram proibidas nádegas completamente expostas e descrições sexuais com ‘muitos detalhes’.

Segundo reportagem da Folha, Coutney considera os padrões do Facebook duplamente sexistas e acha que a medida está inclusive hipersexualizando o corpo feminino.

No Brasil, o Projeto #mamilolivre promoveu há algumas semanas uma petição no Avaaz contra essa diferenciação entre os mamilos masculinos e femininos. As criadoras da campanha argumentam que qualquer parte do corpo, tanto de homens como de mulheres, pode ser erótica, dependendo do olhar e do contexto. “O peitoral de um homem pode ser erótico, pés e mãos podem ser eróticos, tornozelos femininos já foram considerados eróticos. Inversamente, seios femininos podem perfeitamente não ser eróticos.”, explicam.

Fontes: Catraca Livre/Folha de S. Paulo

DEIXE SEU COMENTÁRIO