Uma pesquisa da Pew Research Center mostrou como anda a religiosidade nos Estados Unidos e, entre outras coisas, levantou dados de qual é a religião que melhor aceita as diferenças e minorias.PF_15.10.27_SecondRLS_overview_acceptHomosexuals310px

Segundo o estudo, os católicos são os que estão mais abertos a entender e conviver com a homossexualidade alheia (cá entre nós, isso só diz a respeito à pessoa, ninguém deveria sem se importar, mas, vamos lá). Já na outra ponta, os evangélicos e Mórmons são os grupos com maior rejeição e preconceito contra a comunidade.

Entretanto, o levantamento também mostra que essa cabeça fechada é mais recorrente nas gerações passadas. A geração Y – já falamos dela aqui -, dessas religiões mais tradicionalistas, mostra-se mais aberta à ideia de existir pessoas que amam outras, independente do gênero. Quantificando, mais da metade dos jovens protestantes dizem que a homossexualidade deveria ser aceita pela sociedade.

A pesquisa também levantou outros dados, como, por exemplo, que mostra a queda de seguidores a uma determinada religião. O ser humano está passando a ter fé, mas sem levar em conta nenhuma doutrina.

Confira todas as informações aqui.

DEIXE SEU COMENTÁRIO