slide_464118_6280742_freeUm grande desfile, que mesclou festa e várias reivindicações, passou neste domingo (15) pela Avenida Atlântica, em Copacabana, para celebrar a realização da 20ª edição da Parada do Orgulho LGBT do Rio de Janeiro. De acordo com a organização, 500 mil pessoas participaram do evento.

Ao longo do evento, cinco trios elétricos serviram tanto para animar o público com música, como também para divulgar as pautas do movimento.

Representantes das organizações defensoras dos direitos dos homossexuais criticaram o Estatuto da Família, projeto de lei que está em tramitação no Congresso e que define a família como a união “entre um homem e uma mulher”, e a violência de gênero.

De acordo com um relatório divulgado na última semana pela ONG Transgender Europe (TGEU), o Brasil é o país do mundo onde mais travestis e transexuais são assassinados, com 604 mortes registradas entre janeiro de 2008 e março de 2014.

A organização da parada também aproveitou o evento para desenvolver ações de conscientização de saúde, distribuindo 400 mil preservativos masculinos. Também foram realizados vários testes rápidos para a detecção do vírus da aids.

slide_464118_6280752_free slide_464118_6280758_free slide_464118_6280750_free slide_464118_6280740_free slide_464118_6280746_free

Com informações do Terra

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO