A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo anunciou medidas que alteram o boletim de ocorrência para crimes que sejam resultantes de intolerância sexual ou de identidade de gênero.

O novo B.O abrigará espaço para a inserção do nome social e da motivação do crime, desde que sejam por conta de homofobia.

A novidade vem junto a comemoração de 14 anos da Lei Anti-homofobia. Desde 2013, um grupo estudou medidas pedidas durante a II Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT).

DEIXE SEU COMENTÁRIO