Divulgando o álbum “Revival”, Selena Gomez fez questão de se conectar com o público gay e deu uma entrevista para o site Pride Source, que é uma fonte de notícias sobre a comunidade LGBT. Na entrevista, ela mesma disse que já questionou a própria sexualidade. “Eu acho que todo mundo faz isso, não importa quem seja. Eu questionei, sim, claro. Absolutamente. Eu acho que é saudável ganhar uma perspectiva de quem você é de uma maneira profunda, questionando-se e desafiando-se. É importante fazer isso”, disse.aHR0cDovL2VudGVydGFpbm1lbnRzY29vcC5jb20vd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTUvMTAvU2VsZW5hLUdvbWV6LnBuZw==.jpg

Selena também comentou sua relação com o público gay, que existe desde o início de sua carreira, quando um single alcançou o topo da parada ‘dance’ da Billboard. Ali ela viu que estava chegando a um nicho diferente. “Meus shows costumavam ser para criancinhas, e depois passei a ver toda a primeira fila com esses garotos vestindo camisas de neon e se divertindo. É incrível. E aí você olha para o canto e estão jogando suas cuecas no palco. É tipo ‘meu deus!’. É incrível”, narrou. “Mantenho meus fãs gays em mente quando crio músicas, 100%. Eu sei o quão importante isso é”.

A cantora nega, no entanto, que já tenha saído com algum cara gay. Ex-namorada de Nick Jonas, Justin Bieber e Taylor Lautner, ela garante que não tem essa história para contar. “Mas duas das minhas melhores amigas têm e é muito ‘Will & Grace’, o que eu amo. Mas não, eu nunca passei por isso. Espere. Talvez não seja justo dizer isso. Talvez eu não vá saber? Talvez eu não saiba? (risos) Acabei de pensar nisso. Meu Deus. Estou pensando na minha vida inteira agora”. Segundo ela, muitos dos caras com quem saiu foi por incentivo dos amigos gays.

DEIXE SEU COMENTÁRIO