PopeDurante três semanas, o Vaticano esteve discutindo sobre o Sinodo da Família. A decisão: resolveram não mudar suas diretrizes sobre os homossexuais. Este é um direito deles, mas parece que o Papa Francisco não ficou muito feliz.

O jornal Catholic Herald afirmou que o chefe da igreja católica tem reclamado sobre “teorias da conspiração e falta de visão de futuro”. Além disso, teria alegado que os bispos “tem um coração fechado e que escondem isso dizendo ser os ensinamentos da igreja”.

Se podemos chamar isso de avanço, o Sinodo disse que a comunidade LGBT não deve sofrer discriminação na sociedade. Entretanto, sabe-se que isso não quer dizer “ter os mesmos direitos”. Inclusive, bispos já disseram que “não há absolutamente nenhuma perspectiva de considerar as uniões homossexuais como algo igual ou similar aos planos de casamento e família feitos por Deus”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO