lampadada-810x442

A Justiça condenou nesta semana Jonathan Lauton Domingues, de 24 anos, a uma pena de 9 anos de prisão por participação na agressão de Luís Alberto Betonio, em novembro de 2010 na Avenida Paulista. A vítima foi golpeada com uma lâmpada simplesmente por ser homossexual.

Na época, o agressor tinha 19 anos e passou 45 dias na Fundação Casa. Agora, ele foi condenado por tentativa de homicídio triplamente qualificado por motivo torpe (homofobia), com fator surpresa, impossibilitando a defesa da vítima. Ainda na lista de agravantes, foi somada a pena o fato de ter dado um golpe ‘mata-leão’, sufocando a vítima. Infelizmente, ele está foragido.

O defensor público que representa o réu pode entrar com um recurso contra o júri. A Defensoria Pública de SP informou que “recorreu da decisão de condenar Jonathan Lauton Domingues, pois entende que não há provas no processo que indiquem a intenção de matar”.

Relembre o caso:

DEIXE SEU COMENTÁRIO