O iPhone 6S e iPhone 6S Plus foram revelados nesta quarta-feira (9) com uma nova tecnologia de display: o 3D Touch. Por meio do sensor de pressão, o smartphone é capaz de entender a intensidade dos toques – similar ao Force Touch que já existe nos MacBooks, os notebooks da Apple.

miniatura-iphone-6s

Em um evento nos Estados Unidos, a fabricante revelou ainda o iPad Pro – com tela de 12,9 polegadas e canetinha stylus. A Apple TV também passou por renovação e o Apple Watch teve detalhadas as novas funcionalidades do sistema watchOS.
iPhone 6S e iPhone 6S Plus
Os sucessores do iPhone 6 e iPhone 6 Plus continuam parecidos. O iPhone 6S tem tela de 4,7 polegadas Retina Display com resolução de 1334 x 750 pixels (densidade de 326 pixels por polegada). Já o iPhone 6S Plus tem tela 5,5 polegadas com resolução Full HD de 1920 x 1080 pixels (densidade de 401 pixels por polegadas).

Eles pesam entre 143 e 192 gramas e têm opções de armazenamento interno de 16 GB, 64 GB e 128 GB.
O 3D Touch – uma das principais novidades do dia – funciona na tela inicial do iOS 9. Ao tocar no ícone da câmera, por exemplo, um submenu é aberto com as opções de tirar uma foto com a câmera principal ou fazer uma selfie com a câmera frontal. O recurso também estará presente em aplicativos compatíveis.

Os iPhones da geração 2015 contam com uma nova câmera principal, que pulou de 8 megapixels para 12 megapixels. São 50% mais pixels do que no iPhone 6 e iPhone 6 Plus, segundo o vice-presidente de marketing Phil Schiller. Já a câmera frontal (para selfies) tem 5 megapixels.
Schiller assegurou que as fotos têm cores mais vivas e menos ruído em ambientes pouco iluminados. Durante o evento foi exibida uma foto em panorama com 63 megapixels. Para chegar a este resultado, os smartphones receberam um sensor de imagens maior.


screen_shot_2015-09-09_at_3.31.50_pm
Os vídeos, por sua vez, são capturados em 4K.

Entre as novidades apresentadas hoje ainda está o Wi-Fi e a rede 4G LTE mais velozes e um revestimento em vidro “mais forte”. O sensor de digitais Touch ID foi melhorado, chegando à segunda geração com reconhecimento mais ágil da identidade do usuário.
Os celulares da Apple serão vendidos em uma nova cor: o rosado (ou ouro rosê, como setores da imprensa especializada estão chamando). Os acabamentos em dourado, prata, cinza espacial e preto também estão mantidos.
Com os anúncios de hoje, a linha de produtos da Apple para celulares passa a seguir os seguintes preços sugeridos:
– iPhone 6S: a partir de US$ 199;
– iPhone 6S Plus: a partir de US$ 299;
– iPhone 6: a partir de US$ 99;
– iPhone 6 Plus: a partir de US$ 199;
– iPhone 5C: gratuito.
Vale lembrar que os valores são para o mercado americano, quando o consumidor assina um contrato de fidelidade com alguma operadora local.

DEIXE SEU COMENTÁRIO